domingo, 21 de dezembro de 2014

Aurora Polar

A Aurora Polar é um fenômeno óptico e luminoso que ocorre nas proximidades das zonas polares através de partículas energizadas vindas do Sol. Tais partículas compostas por prótons e elétrons ultrapassam as linhas magnéticas do planeta e ao entrar em contato com os gases atmosféricos provocam os efeitos luminosos que podem ser em forma de mancha, ralo, arco, faixa ou véu e ainda diferentes cores, como verde, vermelho, violeta e azul. Os gases que em contato com tais partículas promovem tais efeitos são o oxigênio e o nitrogênio. É conhecida por esse nome quando acontece nas regiões dos pólos. Esse nome foi lhe dado por estar perto dos pólos do planeta.

 Aurora Boreal é o nome dado ao fenômeno quando esse ocorre no hemisfério norte. Nome Aurora Boreal foi dado por Galileu Galilei em “homenagem” à deusa romana do amanhecer, Aurora, e à seu filho, Bóreas. É o mesmo fenômeno da Aurora Polar.

 Aurora Austral  é um fenômeno óptico que ocorre no hemisfério sul do planeta Terra. É o mesmo fenomeno da aurora boreal , polar porém com outro nome, dado por James Cook.

Tais fenômenos podem ocorrer tanto no verão quanto no inverno, porém é dificilmente visto durante o verão, pois se torna invisível à luz do dia nesse período. São melhores vistas em períodos de setembro – outubro e em fevereiro – março.
As auroras não são particularidades da Terra, pois como é um fenômeno externo pode vir a ocorrer em outros planetas próximos ao Sol, como Vênus, Marte, Saturno e Júpiter.

Nenhum comentário:

Postar um comentário